23 junho 2014

A Culpa é das Estrelas (John Green)

Neste tempo todo ausente, eu li já um montão de livros, então vamos lá com as resenhas!
A Culpa É Das Estrelas - John Green

O livro é uma narrativa do ponto de vista de Hazel Grace, uma garota que sofre de câncer de tiróide com metástase nos pulmões.
A mãe de Hazel, preocupada por sua filha não ter amigos, não sair, e apenas ler e reler seu livro predileto, coloca Hazel em um grupo de apoio para pessoas com câncer. Assim conhece Augustus Waters, conhecido como Gus, que perdeu a perna para o osteosarcoma mas apenas acompanhava seu amigo Isaac.
Os dois começam a compartilhar os seus pensamentos, assim como seus medos e dificuldades. Enquanto Gus tem medo de ser esquecido, Hazel tem medo de magoar as pessoas ao seu redor. Ela se diz de ser uma granada que está a ponto de explodir.
Mas os dois decidem que a doença não irá deprimi-los e assim eles embarcam numa aventura de conhecer o autor do livro predileto da garota, Peter Van Houten.



Hazel Grace e Augustus Waters vivem uma história de amor que emocionaram todos. Como Markus Zasak citou, autor de A Menina que Roubava Livros, o livro vai te fazer rir, chorar e querer saber mais.
O autor fez algo incrível que foi contar uma história de adolescentes com câncer mas que muitas vezes eu esquecia desse contexto e que me fazia acreditar que o que eu estava lendo era apenas uma simples história de amor para adolescentes.
O livro foi bem escrito e é lindo, A Culpa é Das Estrelas nos faz pensar e refletir, mas sem nos deixar só nisso, também nos faz rir e chorar na mesma medida...



PARTE SPOILER
O livro preferido de Hazel se chama Uma Aflição Imperial, e o motivo de Hazel e Gus embarcarem para conhecer Van Houten foi que os dois queriam saber o final da vida dos personagens, pois o livro acabava quando Anna, a personagem do livro, morria.
As perguntas que deixava os adolescentes curiosos eram: O que acontece com a mãe de ana? Ela se casa com o homem das tulipas? O homem das tulipas é um vigarista ou as (Anna e a sua mãe) ama de verdade?
O que acontece com Sísifo, o hamster? entre outras.
E imagino que a ideia de John Green fosse acabar do mesmo jeito: O que acontece com Hazel? Ela voltaria se apaixonar antes de "explodir"? E os pais de Hazel? E... Isaac, ele iria ter seus olhos robóticos e conseguir imaginar o mundo sem seu melhor amigo?
Eu sei que essas perguntas não fizeram muito sentido, mas tèm outras perguntas que eu não consigo decifrar que fariam mais sentido.
Enfim, creio que vocês entenderam o que eu quis dizer...

Super RECOMENDADO!

John Green - 288 páginas - Intrínseca 
Nota:

2 comentários:

  1. Que resenha legal Isi, o livro deve ser bom

    ResponderExcluir
  2. Que bacana! Eu assisti o filme e li. Mas a sua resenha ficou tão boa que me deu vontade de lê-lo novamente, admito que teve algumas partes citadas na sua resenha que eu não me lembro e isso é um dos motivos para eu relê-lo.

    ResponderExcluir

REGRAS:
-Por favor, comentários sem divulgação, se quiser, coloque o link do seu blog no fim dos comentários, mas sem divulgar.
-Aceitamos críticas construtivas. Sem xingamentos, brigas, palavrões e etc.

Tentarei responder todos os comentários.
Obrigada por comentar!

Isi's Kisses.

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal